Atividade Cultural de Abertura – Os Oleiros

18 jul 2016
08:00 e 08:30
Local: Teatro Universitário UFMT

Atividade Cultural de Abertura – Os Oleiros

Apresentação articulada com o Poema Oleiro de Silva Freire, que repercute a vertente artesanal, memória, vida e os saberes do Flor Ribeirinha.

Grupo Flor Ribeirinha por ele mesmo:  Idealizado por dona Domingas Leonor, o grupo nasceu em 27 de julho 1993, na comunidade de São Gonçalo Beira Rio, situada à margem esquerda do Rio Cuiabá, pertencente ao distrito do Coxipó da Ponte, em Cuiabá, Estado de Mato Grosso. Como a comunidade foi fundada no século XVIII, em território de índios Coxiponés – cuja presença é recordada nos traços físicos dos moradores, no ritmo e nos passos da dança – o Flor Ribeirinha não poderia deixar de trabalhar o Siriri – dança típica mato-grossense, realizada na região sul de Cuiabá há mais de 200 anos e que reflete o multiculturalismo brasileiro formado por índios, negros, portugueses e espanhóis. Assim, em seu trabalho, o Flor Ribeirinha manifesta, numa coreografia variada, melodias alegres e letras que têm como mote a vida ribeirinha e as tradições religiosas. (Fonte: Acervo da Associação Cultural)

Maurício Ricardo: ator e diretor profissional desde 1999. Começou sua carreira no Pessoal do Anima – núcleo de teatro Cefet-MT onde permaneceu por 5 anos, em seguida ingressou no Teatro Mosaico e, pode viajar por vários festivais do país. Em 2006 funda a Cia. Porrada de Teatro, com produções relevantes para a história do teatro em Mato Grosso, mantém em seu repertório os seguintes espetáculos: A Trama, A Pastora de Nuvens da obra de Cecília Meireles, o infantil Forró de Histórias, Desutilidade Poética e Pas-de-deux.

Direção: Mauricio Ricardo e Flor Ribeirinha Associação Cultural